• 925001450
  • info@recifealgarve.net

Sobre nós

Uma nova economia, colaborativa e pró-social está a emergir, mais localizada e baseada em necessidades reais das comunidades, com uma perspectiva de futuro que procura preservar e regenerar os ecossistemas para as gerações futuras. Esta é a altura para mais modelos de aprendizagem,  criados e organizados de forma mais dinâmica, colaborativos e intencionais começarem a emergir no Algarve.

Somos uma rede informal criativa centrada na inovação multidimensional (social, económica, cultural, educativa, ambiental, política) com uma visão partilhada de futuro ecossistema ecológico.

A RECIFE é uma rede informal de pessoas dispostas a trabalhar nas questões relevantes para o futuro das nossas comunidades locais.

Coisas poderosas acontecem quando se juntam pessoas com intenções partilhadas de transformação.

O objectivo a longo-prazo da RECIFE é contribuir para o desenvolvimento de comunidades locais mais conscientes, colaborativas e resilientes, comprometidas com a regeneração dos ecossistemas que habitam de forma a garantir uma ampla biodiversidade em face das alterações climáticas que estão em curso.

 

A metáfora perfeita que representa a mudança que queremos criar no Algarve é a da metamorfose de uma lagarta numa borboleta. Esta transformação é conduzida por uma rede emergente de células imaginais auto-organizadas. Inicialmente, cada uma das células imaginais opera como um organismo unicelular, sendo inteiramente independente das outras. Contudo, no momento da metamorfose as células imaginais começam a ativar-se. Ora, como o sistema imunitário da lagarta as considera uma ameaça e as ataca, as células, pelo seu lado, contra-atacam: multiplicam-se e ligam-se umas às outras formando agrupamentos. Começam então a ressoar nas mesmas frequências e a comunicar na mesma linguagem, passando informação entre si, até que acontece um ponto de viragem: param de agir como células individuais, separadas, e transformam-se no organismo multi-celular a que chamamos borboleta.

imaginal-cell-banner

Agora, apliquemos esta metáfora aos nossos sistemas económicos e instituições. E se cada um/a de nós começasse a mudar e a ligar-se em rede, criando massa crítica necessária para transitarmos de uma cultura de consumo e controlo na direção de um futuro muito mais consciente, colaborativo e pleno de compaixão?

É sobre este movimento que a RECIFE se baseia.

A RECIFE é um experimento empreendedor desenhado para reimaginar como vivemos e trabalhamos juntos num mundo em constante mudança, cada vez mais volátil, incerto, complexo, interdependente e ambíguo.

Juntos iremos levar a cabo uma série de iniciativas através das quais procuraremos demonstrar como criar equipas, organizações e comunidades  não hierárquicas, colaborativas e bem sucedidas.

Como coletivo iremos pesquisar, curar e testar uma variedade de processos grupais, estruturas organizacionais, ferramentas de comunicação e decisão, e formatos de eventos. Iremos também iniciar projetos colaborativos e aventuras coletivas ambiciosas que iremos documentar com vista a partilharmos as nossas aprendizagens. Vamos mostrar ao mundo que um futuro colaborativo e ecológico, que aliás já está a acontecer, é possível. Esta é a nossa vez de dar os primeiros passos.

Valores

As pessoas que integram a rede esperam do colectivo e dispõem-se a assegurar aos elementos que o integram: Abertura, Acolhimento e Respeito; o que vai permitir a Comunicação, Partilha e Transparência, num espaço marcado pela Empatia, Compaixão e Solidariedade.
Esta base cria condições para a Confiança, Entrega, Dádiva, Gratidão e Conexão, em termos afectivos, e para a Liberdade, Autenticidade e Coerência, em termos éticos.
Assim se gera uma dinâmica de Cooperação, Colaboração e Sinergia, que favorece a Autonomia e o Autoconhecimento de cada membro e alimenta a Inspiração e Criatividade, individuais e colectivas.
O processo gera Esperança.